Perseguido, Lucas minimiza e diz que falta faz parte do jogo

SPFW 2012O meia Lucas foi o jogador mais perseguido em campo durante a partida entre São Paulo e Mirassol, neste domingo, no estádio José Maria de Campos Maia, quando o clube do Morumbi assumiu a liderança do Paulista.

Das 23 faltas do jogo, cinco foram no são-paulino, que acabou deixando o campo mais cedo por sentir dores no joelho direito, decorrente de uma dura dividida de bola.

Apesar disso, o jogador não saiu do gramado reclamando. E aproveitou para entoar a frase do técnico Emerson Leão de que isso é coisa do jogo.

“A falta faz parte do jogo, eu estava um pouco cansado e pedi para sair, faltava uns 10min para acabar o jogo. Não aconteceu nada de sério com o meu joelho. Senti a pancada”, disse Lucas após a partida.

Eduardo Anizelli/Folhapress
O jogador Lucas, do São Paulo, sofre com perseguição de adversários em campo
O jogador Lucas, do São Paulo, sofre com perseguição de adversários em campo

Leão comentou a atitude do jogador, mas aproveitou para criticar os critérios da arbitragem.

“Falta faz mesmo parte do jogo e cabe ao árbitro coibir ou não. É verdade que alguns lances são do duelo mesmo, mas nos últimos jogos o Lucas sofreu três entradas que deveriam ter sido três expulsões. Uma contra o Palmeiras, outra no Santos e hoje. Os árbitros foram coniventes, por isso o Lucas está lá fazendo gelo, e por isso saiu do jogo, porque estava apanhando muito e nos preocupamos com isso”, reclamou.

Leão já tinha falado do assunto antes do clássico contra o Santos, na 14ª rodada do Campeonato Paulista, e minimizou a postura de Neymar, de cair muito, pedindo falta.

Fonte: Da Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog