Petrobras destitui todos os diretores indicados pelo governo Dilma

09/01/2019

O novo presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, destituiu o último diretor indicado pelo governo Dilma Rousseff. Em comunicado ao mercado, a estatal anunciou a saída de Solange Guedes da diretoria de Exploração e Produção. Para seu lugar, Castello Branco indicou Carlos Alberto Pereira de Oliveira.

“A companhia agradece a dedicação da sra. Solange Guedes ao longo de seus trinta e três anos na área de Exploração e Produção da Petrobras e seu importante trabalho à frente desta diretoria desde 2015”, informa a Petrobras.

Antes de Solange, Castello Branco já havia substituído os diretores Hugo Repsold e Jorge Celestino. Os três chegaram à diretoria da Petrobras em 2015, após a renúncia coletiva dos executivos comandados por Graça Foster, que foi substituída por Aldemir Bendine.

Os dois presidentes seguintes da Petrobras – Pedro Parente e Ivan Monteiro –mantiveram Solange, Hugo e Jorge em seus cargos.

Fonte: VEJA

Comentários

Parceiros do Blog