Petrolina contará com mais três creches do Proinfância no início do próximo ano

A política educacional infantil em Petrolina tem servido de referência para o resto do país e até de lugares de outras nacionalidades. É uma das prioridades e exigência do prefeito Julio Lossio, que todas as crianças estejam acolhidas nas instituições educacionais. O município investe cada vez mais no setor. Além das creches do Proinfância, o município é referência a partir do projeto pioneiro do programa Nova Semente, hoje com 100 unidades entregues à população. Além das creches do Nova Semente, Petrolina conta já com duas unidades do Proinfância e mais três estão em construção, previstas para serem entregues próximo ano, com capacidade para 180 crianças cada uma.

As creches são resultados da parceria da prefeitura municipal e o governo federal, através do Proinfância. Duas creches desse modelo já funcionam no bairro João de Deus e a outra no bairro Pedra Linda. Além das três creches em construção, mais dez estão previstas para o município, tanto para a sede, como também para a zona rural.

As  creches em construção seguem  as normas exigidas do Programa e funcionarão nos bairros Rio Corrente, Jardim São Paulo, Pedro Raimundo, Pedra Linda, Loteamento Padre Cícero e as outras previstas para serem construídas e devem entrar em licitação, em breve são das seguintes localidades: R. Jardim Imperial, Vila Marcela, Dom Avelar, Santa Luzia, Quati II, Vila Eulália, Izacolândia  e Antonio Cassimiro. Todas serão construídas a partir de uma nova tecnologia de construção para estreitamento do prazo de conclusão das obras.

Toda prefeitura tem que seguir as normas e exigências do  padrão das creches do Proinfância. “ Procuramos seguir todas as exigências do Programa para que não haja embargo e as obras sejam entregues com maior brevidade . É exigência do prefeito Julio Lossio que todas as crianças de baixa renda de Petrolina sejam atendidas para que os pais tenham lugar para deixar os filhos enquanto trabalham”, destaca o secretário de Obras de Petrolina, Rogério Valença.

 Em cada unidade,  deve haver sala dos professores, diretoria, almoxarifado e sanitários masculino e feminino para adultos.  Também existem critérios para o  bloco de serviços, que deve abrigar rouparia, lavanderia, copa para funcionários, depósito de material de limpeza, vestiários masculino e feminino, despensa, cozinha, bufê e lactário. Já para a área das  crianças, que tem que ter  até três anos de idade, a creche deve ter fraldário, sanitário e áreas de atividades, repouso, alimentação e solário. Já o bloco da pré-escola, para crianças de quatro e cinco anos, tem espaço de atividades, repouso e solário.

A complementação dos espaços para esses estudantes está no bloco multiuso que tem sala, sanitários para meninos e meninas, sanitários para adultos e para pessoas com deficiências, sala de informática e telefone.

As creches do Proinfância atendem das 7h às 17h. As crianças têm cinco refeições diárias. São mais de 40 funcionárias que fazem o acompanhamento destes pequenos cidadãos. São mais de vinte e duas atividades diárias com as crianças, desde alimentação na hora em que elas chegam, até o banho e a preparação na hora que os pais vêm buscá-los.

Soraide Cavalcanti

DRT 2070-PE

Assessoria de Comunicação
Prefeitura Municipal de Petrolina

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog