PETROLINA SE DESTACA COMO A CIDADE QUE MAIS EMPREGA NO INTERIOR DO NORDESTE

 

Na semana de comemoração do aniversário de Petrolina, a cidade presenteia seus habitantes fortalecendo a economia e aumentando a geração de emprego. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho e Emprego (CAGED/MTE), a cidade de Petrolina ocupa o primeiro lugar em geração de emprego no interior do Nordeste, sendo responsável por cerca de 14.121 contratações no período entre janeiro e agosto deste ano.

Só no mês de agosto, Petrolina gerou 2.253 empregos diretos, o setor Agropecuário se destaca com um aumento de 8,66% no número de contratações em relação ao mês de julho, o comércio vem logo depois com um crescimento de 7,62%. De acordo com o prefeito Julio Lossio, este resultado é reflexo do desenvolvimento de Petrolina nos últimos anos e dos investimentos feitos na cidade. “Petrolina está entre as vinte cidades de porte médio do Brasil, a cidade teve um crescimento de 30% nos últimos 10 anos, portanto, é uma cidade que tem muito a oferecer à sua população e nós continuaremos trabalhando incansavelmente para investir na geração de emprego em nossa cidade, a exemplo dos cursos de capacitação e do nosso empenho na captação de novas empresas que queiram investir na cidade”, afirmou o prefeito Julio Lossio.

Esses dados também colocam a região Nordeste em destaque, em relação as outras regiões do país. Somente em agosto, foram criados 59.513 empregos formais que resultaram numa taxa de crescimento de mais 1,02% de trabalhadores com carteira assinada. No ranking de todos os estados brasileiros, Pernambuco é o que mais gerou empregos em agosto, com 18.613 postos de trabalho, o responsável pelo resultado de destaque foi o cultivo de uva, que gerou 1.144 postos.

Os demais estados do Nordeste apresentaram os seguintes resultados em agosto: Ceará (+8.005 postos); Bahia (+7.143); Rio Grande do Norte (+ 4.596); Alagoas (+3.922); Maranhão (+3.429); Sergipe (+ 2.521); e Piauí (+1.013). Quanto às cidades do interior do Nordeste, o segundo lugar no ranking ficou com a cidade de Feira de Santana na Bahia e Juazeiro aparece na 13ª posição, sendo responsável por 3.990 empregos.

Cíntia Sacramento Secom PMP

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog