PF pede autorização para investigar Agnelo Queiroz

A Polícia Federal vai pedir hoje autorização para investigar as acusações de um lobista que afirmou ter pago propina ao governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT), quando ele era diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária em 2008, informa reportagem de Filipe Coutinho eFernando Melo, publicada na Folha.

Ontem, a PF recebeu uma queixa-crime da deputada distrital Celina Leão (PSD), que faz oposição a Agnelo.

Governador do DF se diz vítima de ‘armação criminosa’
Agnelo Queiroz admite ter recebido dinheiro de lobista
Suspeita no Esporte envolve cúpula do governo do DF

Ela entregou à PF uma gravação com declarações de Daniel Almeida Tavares, que depositou R$ 5.000 na conta pessoal de Agnelo na época em que trabalhava para a farmacêutica União Química.

A PF levará a queixa ao Superior Tribunal de Justiça. Só se receberem a autorização os policiais vão pereciam o vídeo e investigar o caso. Por ser governador, Agnelo tem direito a foro privilegiado.

 

Editoria de Arte/Folhapress


Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog