PMDB deve se reunir para discutir situação de Novais

O presidente do PMDB, senador Valdir Raupp (RO), afirmou que deve convocar uma reunião das lideranças do partido nesta quarta-feira para discutir a situação do ministro Pedro Novais (Turismo).

Segundo Raupp, o ministro ainda não apresentou explicações ao partido sobre as denúncias da Folha de que ele usou verba pública para pagar sua governanta e de que sua mulher utiliza irregularmente um funcionário da Câmara dos Deputados como motorista particular.

Veja fotos da mulher do ministro e o ‘chofer’
Ministro do Turismo usa servidor público como motorista da mulher
Procuradoria investigará pagamento de governanta por ministro
Ministro deve esclarecer pagamento a governanta, diz Ideli
Oposição quer ação contra ministro por pagamento a governanta
Ministro pagou governanta com verba pública por 7 anos

“Nós devemos discutir essas denúncias ainda hoje. Pretendo chamar uma reunião para avaliarmos essa situação. Nós estamos aguardando os esclarecimentos que ainda não foram apresentados”, disse.

Questionado se a situação do ministro é insustentável, Raupp não quis responder. No mês passado, a Polícia Federal deflagrou a Operação Voucher para investigar denúncias de corrupção no Ministério.

“Vamos aguardar as explicações. Não podemos fazer nenhuma avaliação sem que tenhamos a versão dele dos fatos.”

A situação de Novais é considerada delicada dentro do próprio partido. Na bancada da Câmara, ele só contaria com o apoio do líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves (RN), seu padrinho político.

A presidente Dilma Rousseff demonstrou a aliados sinais de que espera que o ministro peça demissão.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog