PMs mantém ‘operação tartaruga’ e aguardam negociação com GDF

saiba mais

Policiais militares e bombeiros do Distrito Federal se reuniram em assembleia por volta das 10h desta quinta-feira (15), em frente ao Palácio do Buriti e decidiram manter a“operação tartaruga” da categoria, iniciada no dia 15 de fevereiro.

De acordo Roner Gama, representante da Rede Democrática PM DF, uma das entidades participantes do movimento de policiais e bombeiros,uma nova assembleia foi marcada para o dia 12 de abril.

Gama acredita que a ‘operação-tartaruga’ está produzindo efeitos. “Percebemos que sem a presença ostensiva da polícia, aumentou o índice de criminalidade. Temos percebido isso pela imprensa, com a quantidade de notícias sobre ocorrências policiais.”

Oficiais e praças da PM e dos bombeiros reivindicam a isonomia de salários com outros setores da segurança pública do DF; política de promoções independentemente de oferta de vaga e tratamento igual entre ativos e inativos.

O bombeiro e o policial militar em início de carreira hoje recebem R$ 4,5 mil brutos, com auxílio-alimentação incluso.

Negociações
Roner Gama contou que representantes de policiais militares e bombeiros se reuniram nesta quarta-feira (14) com o secretario de Administração, Wilmar Lacerda, e no encontro ficou decidido que um grupo de trabalho oficial será criado em breve.

“A ideia desse grupo de trabalho oficial é construir com o governo proposta viável”, comentou Gama.

A Secretaria de Administração confirmou a criação do grupo de trabalho e disse, por meio de sua assessoria, que a decisão deve ser formalizada na próxima semana, por meio de portaria.

Fonte: Do G1 DF

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog