Polícia Civil e PRF apreendem quase 75 kg de pasta-base de cocaína

 

ee4ba65cab30ebdd5afbcc2295ea03e5.jpg

Além da pasta-base, R$ 884 em espécie R$ 13.450 em cheques foram apreendidos
Foto: Malu Silveira/NE10

 

Uma operação conjunta entre a Polícia Civil de Pernambuco e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) resultou na apreensão de quase 75 kg de pasta-base de cocaína e na prisão de três pessoas, na noite da última sexta-feira (21). Com a quantidade do entorpecente seriam produzidos 223 kg de crack, ou seja, 900 mil pedras da droga. Essa foi a maior apreensão de pasta-base realizada pela Polícia Civil do Estado. As drogas seriam destinadas para as regiões dos Altos da cidade.

De acordo com a delegada do Departamento de Repressão ao Narcotráfico (Denarc), Thais Galba, a quadrilha já estava sendo investigada há cerca de um mês. Fábio Santos Ramos de Lucena, 28 anos, trafegava pela BR-101 Norte em Igarassu, na sexta à noite, quando foi interceptado por agentes da PRF. Com ele foram encontrados 13 kg da droga escondidos em compartimentos do banco de um veículo Celta preto. O acusado já havia sido preso por ter cometido um homicídio e é bastante conhecido no tráfico de drogas do Recife.

O restante da apreensão ocorreu no Bar do Jacaré, em Maranguape II, no município de Paulista, Região Metropolitana do Recife. A Polícia Civil recebeu informações de que dois homens, naturais de Goiás, estariam chegando de Natal e iriam para o estabelecimento, também na noite da sexta. Wilson Rosa Eduardo, 33, e Cleiton Pereira Campos, 41, foram abordados pelos policiais e autuados em flagrante com quase 62 kg de pasta-base de cocaína em um carro C4 Palace. Eles não têm antecedentes criminais.

Segundo as investigações, a quadrilha já estariam em Natal cerca de quatro dias antes da apreensão, com o intuito de despistar a polícia. Teriam levado junto com eles quatro melhores, inclusive uma menor de idade, visitaram a cidade, agindo como turistas normais. Cerca de 200 gramas de maconha foi apreendida com os acusados, provavelmente para uso próprio.

Se as drogas fossem repassadas para o traficante local, que já está sob investigação, o lucro arrecadado pelos criminosos seria de aproximadamente R$ 75 mil reais. Os três foram encaminhados ao Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima, onde ficarão à disposição da Justiça.

DADOS – Neste ano, o Departamento de Repressão ao Narcotráfico (Denarc) já apreendeu 223 quilos de pasta-base, 342 quilos de cocaína e 76 quilos de crack.

Com Do NE10

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog