Polícia prende 15 após onda de ataques a ônibus em Porto Seguro

Uma operação conjunta das Polícias Militar, Civil e Federal resultou na prisão de 15 suspeitos de participar dos atos de vandalismo registrados ontem (30) em Porto Seguro (687 km de Salvador). Na ocasião, quatro ônibus foram incendiados e um veículo foi depredado em um bairro da periferia.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado, o reforço de 130 policiais de outras três cidades do sul da Bahia não têm prazo para deixa a cidade. Eles foram convocados nesta quarta-feira.

Para a polícia, os ataques podem estar relacionados à fuga do acusado de tráfico de drogas Rivaldo Freitas Oliveira, no sábado (26), da cadeia de Porto Seguro. Um PM foi morto durante a fuga.

No domingo (27), a polícia interrogou quatro suspeitos de terem ajudado Oliveira a fugir.

Um dos suspeitos de ligação com o tráfico e com a fuga foi morto, também a tiros, por dois homens em uma moto, poucas horas após depor à polícia.

Antes de os ônibus serem queimados, houve um protesto de familiares e amigos de Viana pedindo investigação da morte do suspeito.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog