Polícia prende jovens suspeitos de espancar morador de rua no RS

Três jovens com idades entre 18 e 21 anos foram presos nesta segunda-feira sob suspeita de espancar um morador de rua de São Leopoldo (na região metropolitana de Porto Alegre).

Segundo a polícia, a vítima, que não teve o nome divulgado, foi atacada a pedradas, socos e chutes no começo da madrugada, em uma rua do centro da cidade. Ele foi socorrido por pedestres e levado a um hospital.

A Polícia Civil chegou a divulgar a morte cerebral dele, mas o Hospital Centenário, de São Leopoldo, nega a informação. Afirma que o morador de rua permanece em coma.

Os três suspeitos, que também não tiveram os nomes divulgados, são de classe média, de acordo com a polícia. Eles foram detidos logo depois do crime pela Guarda Municipal, que recebeu pistas de pessoas que testemunharam o ataque.

Segundo a Polícia Civil, os jovens argumentaram em depoimento que o morador de rua tentou os assaltar. O delegado responsável, Marco Antônio Duarte de Souza, diz não acreditar na versão.

O policial afirmou ainda que foi encontrado sangue nas roupas de um dos suspeitos. O material será periciado. Os investigadores também vão tentar obter imagens de câmeras de rua que possam ter gravado o crime.

Segundo a polícia, os três jovens ainda não constituíram advogados.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog