Polícia prende suspeito de colocar fogo no chefe no DF

O ajudante de uma clínica veterinária foi preso ontem (20) sob suspeita de ter colocado fogo no chefe, um veterinário de 32 anos, na cidade-satélite de São Sebastião (DF).

O crime aconteceu por volta das 10h30 de ontem (20). Segundo a polícia, o funcionário contou que o chefe costumava brincar de queimar os funcionários. Dias antes, eles teriam discutido após uma dessas brincadeiras.

O rapaz ainda contou à polícia que no dia do crime eles voltaram a ter um desentendimento. O funcionário então jogou gasolina no chefe. O veterinário teria dito que duvidava que o rapaz jogaria o fosforo, o que ele fez.

O ajudante foi preso em flagrante e indiciado por tentativa de homicídio. Segundo a polícia, o veterinário teve queimaduras em quase todo o corpo e foi encaminhado para um hospital da região. Seu estado de saúde não foi informado.

Com a Folha.om

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog