Polícias de SP e GO investigam ameaça de morte à família de Datena

As polícias civis de Goiás e de São Paulo investigam uma denúncia de ameaça de morte contra a família do apresentador da TV Bandeirantes José Luiz Datena. De acordo com o delegado-chefe da comunicação da Polícia Civil de Goiás, Norton Luiz Ferreira, uma ligação anônima oriunda de São Paulo na última terça-feira informou que criminosos iriam de São Paulo até Goiás para matar a família do jornalista.

“Embora anônima, a denúncia não pode ser subestimada. A ligação causou preocupação e cautela e foi aberta uma investigação a respeito, para descobrir a origem do telefonema, quem seriam os mandantes, a razão da ameaça”, explicou. Segundo o delegado, os familiares foram então comunicados a respeito e a polícia solicitou que eles redobrem os cuidados com a segurança.

Durante a abertura de seu programa Brasil Urgente na quarta-feira, o apresentador falou sobre as ameaças recebidas. “Recebi uma ligação do meu filho dizendo que a Polícia Civil de Goiânia havia recebido uma ligação de São Paulo dizendo que assassinos iriam (da capital paulista) até lá para matar minha família”, contou.

O jornalista criticou as ameaças que, segundo ele, ocorreram um dia após um programa destinado à discussão da chacina que matou uma família de policiais militares, em São Paulo, no início do mês. “Eu acho que ameaça é coisa de covarde, vagabundo, sem-vergonha e de quem não vale nada. Se foi recado, eu mando uma banana para quem está mandado um recado”, respondeu. “Eu não tenho medo de ameaça. Recado para mim não adianta, não funciona”, finalizou.

Fonte: Terra

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog