Prefeitura de Petrolina realiza campanha em transportes coletivos sobre gratuidade para idosos e deficientes

Depois de fazer, ontem (14), a divulgação oficial na mídia sobre a constitucionalidade da Lei Municipal Nº 1.974/07, que garante gratuidade de acesso ao transporte coletivo para pessoas com deficiência e idosos a partir de 60 anos, a Prefeitura Municipal começou a fazer nos ônibus, uma campanha para que as pessoas beneficiadas saibam como adquirir o smart card (cartão de passes).

Idosos e pessoas com deficiência devem procurar a Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho (Sedest), no horário das 7h30 às 13h, portando os documentos original e xerox de identidade, CPF, comprovante de residência e de renda (com no máximo dois salários mínimos). Se for deficiente, é necessário levar um laudo médico, dando entrada na diretoria da pessoa com deficiência ou na diretoria de benefícios eventuais.

Após o cadastro, o beneficiário receberá o cartão com 50 passes mensalmente, onde usam normalmente a catraca, sentando os bancos depois do cobrador, como os demais passageiros. Já as pessoas com mais de 65 anos, conforme Lei Federal, apresentam um documento original com foto e ocupando os espaços disponíveis nas cadeiras da frente, antes da catraca, que são reservados para eles e também grávidas (que pagam a tarifa, rodam a borboleta e ocupam os bancos da frente). De acordo com o Diretor-Presidente da Empresa Petrolinense de Trânsito e Transporte Complementar – EPTTC, Paulo Vagueiro, não acontecerá nenhuma modificação física na estrutura dos ônibus por conta da lei.

Em Petrolina, cerca de 3% dos usuários de ônibus são idosos e quase 2% são deficientes.

Com Ascom/PMP

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog