Recorde negativo alerta Palmeiras

Se não vencer o Grêmio hoje à tarde, em Porto Alegre, o Palmeiras vai alcançar uma marca que obteve pela última vez em 2002, ano em que foi rebaixado no Brasileiro.

  Jorge Araujo-19.out.2011/Folhapress  
Scolari conversa com os jogadores na Academia de Futebol
Scolari conversa com os jogadores na Academia de Futebol

O time de Luiz Felipe Scolari não vence há oito jogos. No ano em que caiu, foram nove partidas consecutivas sem vitória no Nacional.

O risco de ser novamente rebaixado é pequeno, segundo o próprio Scolari, mas ainda existe. O Palmeiras tem 41 pontos e mais cinco jogos pela frente. Desde que o Brasileiro entrou no formato dos pontos corridos, em 2003, só em 2006 quem fez 41 pontos ou menos se salvou.

Desde então, parar nesta pontuação significa queda.

“Temos 41 pontos. Se tivéssemos 44, não haveria medo nenhum. Corremos perigo. E não adianta ficar falando para a imprensa e esconder do nosso torcedor que não há perigo. Claro que há um receio, sim”, declarou o treinador.

O time não vence há oito jogos, e perdeu os último quatro; neste período de seca, conquistou apenas três pontos, o que aumenta o alarde. Além de não pontuar, o Palmeiras não joga bem, a zaga falha, os atacantes batem cabeça, e Valdivia não joga.

“Sim, é uma vergonha para o torcedor, mas muito mais para nós, que deixamos as coisas chegarem neste ponto”, afirmou Scolari.

Uma vitória nos últimos cinco jogos livra o Palmeiras de qualquer risco. Ocorre que, além da péssima fase, os adversários também não colaboram. Hoje, é o Grêmio fora de casa; quarta, o Vasco no Pacaembu. Depois, Bahia fora e os clássicos contra São Paulo e Corinthians.

Por isso Scolari não esconde: os jogadores estão aflitos.

“Sim, estamos com situação de ansiedade e dificuldade para conseguir o resultado. A gente nota que eles estão preocupados. Alguns jogadores nunca viveram isso.”

E Scolari enumera tudo que vem dando errado.

“A ansiedade aumenta, as dificuldades aparecem, o gol fica pequeno, qualquer balão rende contra-ataque para o adversário. Temos que conquistar um resultado logo.”

Tamanha é a crise que um simples empate hoje no Sul será celebrado por todo o time, de acordo com Scolari.

“Neste momento, não se tem escolha. Nosso único enfoque é distanciar do grupo que vem atrás e não corrermos mais riscos. Todo jogo será uma final para buscarmos os pontos e nos livrar do risco de rebaixamento”, declarou o palmeirense.

NA TV
Grêmio x Palmeiras
17h
Band e Globo (para SP e PR)

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog