Salgueiro perde mais uma e o Bugre respira

Com uma atuação de gala do atacante Fabinho, que marcou três gols e deu uma assistência, o Guarani goleou o Salgueiro por 4 a 1 neste sábado, fora de casa, e deu mais um passo importante para escapar do rebaixamento para a Série C do Campeonato Brasileiro. Os outros tentos da partida foram marcados por Felipe, para o Bugre, e Clébson, para o Salgueiro.

O resultado levou o Guarani aos 49 pontos, ainda com possibilidade de queda, já que o Icasa, primeiro time na zona da degola, tem 47 pontos. Já o rebaixado Salgueiro se manteve com 26 pontos, na penúltima posição.

Na última rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, no próximo sábado, às 17 horas (de Brasília), o Guarani vai enfrentar o Goiás no Brinco de Ouro, enquanto o Salgueiro se despede da Série B contra o Grêmio-SP.

O jogo – Mesmo atuando fora de casa, o Guarani pressionou o desmotivado Salgueiro desde os primeiros minutos e quase abriu o placar aos 12 minutos, quando Bruno Peres recebeu lançamento na grande área e chutou para grande defesa de Danilo.

Pouco depois, Fabinho recebeu a bola na grande área e foi derrubado na grande área. Na cobrança do pênalti, o mesmo Fabinho deslocou Danilo, colocou a bola no canto esquerdo do goleiro do Salgueiro e abriu o marcador em Paulista.

O Bugre teve a chance de aumentar o placar já nos últimos minutos da primeira etapa. Após bobeada da zaga pernambucana, Denílson saiu cara a cara com o goleiro Danilo, mas o atacante demorou para finalizar e foi travado na hora do chute.

Quando que parecia que a primeira etapa não teria mais emoções, o Salgueiro chegou ao gol de empate aos 44 minutos, quando Clébson cobrou falta e superou o goleiro Émerson, que ainda tocou na bola, mas não evitou o tento do time da casa.

Um minuto depois, porém, o Guarani voltou a comandar o marcador. Após uma tentativa de chapéu de Denílson, a bola acabou sobrando para Fabinho chutar no canto esquerdo do goleiro Danilo, marcando o seu segundo gol na partida.

No segundo tempo o show de Fabinho continuou, e o atacante marcou seu terceiro gol na partida aos 12 minutos, após aproveitar cruzamento de Felipe.

Para transformar a vitória em goleada, Fabinho poderia ter marcado o seu quarto gol na partida, mas preferiu tocar para Felipe mandar a bola para o fundo das redes. Na sequência, o zagueiro Gustavo recebeu seu segundo cartão amarelo na partida e deixou o Salgueiro com dez jogadores, já sem nenhuma chance de reação.

Da Gazeta Esportiva

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog