Santa Cruz mais defensivo em Belo Jardim

2ff4f840fb21eb1c59a1cfd7273fe340.jpg

Flávio Recife pode ganhar uma vaga no ataque
Foto: Assessoria de Imprensa do Santa Cruz

Classificar-se para as semifinais do Campeonato Pernambucano Coca-Cola sob qualquer hipótese é o lema do técnico Zé Teodoro para o futuro do Santa Cruz na competição. Futuro que tem um capítulo no presente: o tricolor entra em campo nesta quarta-feira (21) para enfrentar o Belo Jardim, no Estádio Mendonção, a partir das 22h, em jogo adiado da 15ª rodada. Ao falar sobre a pressão que vem recebendo por não ter encontrado uma formação definitiva, o comandante avisou que é dessa forma que gosta de atuar e que a importância é estar no G4, “nem que seja na última rodada”.

Ele foi um pouco além e concluiu seu pensamento ressaltando o aspecto supersticioso. “Esquece 2011. Vamos pensar em 2012 e chegar entre os quatro. Pois aí vou começar a pensar em anos pares, que são os anos que ganho mais títulos”, destacou.

Sobre a preparação do time para o jogo contra o Calango, o treinador explicou que quer seu time de 2012 jogando como a versão 2011. Por isso, barrou o volante Leo até do banco de reservas e cogita escalar o meio de campo com cinco atletas – Carlinhos Bala fazendo o papel de meia. “Queremos um time mais competitivo, com mais marcação, talvez voltar ao que trabalhávamos no ano passado. Um time com mais humildade e que defenda mais”. Se optar pelo 4-4-2, Bala sai para entrada de Flávio Recife.

Sobre Leo, Teodoro não teve papas na língua na hora de justificar sua decisão. Ele manteve Memo e Anderson Pedra no meio e levou Sandro Manoel e Chicão como opções. “Os dois estão melhores que o Leo neste momento e mais comprometidos. Nos outros dois jogos ele não esteve bem e perdemos no setor de marcação”, contou. Nos jogos no Arruda, o preterido pode retornar, mas na função de terceiro homem do meio de campo, a mesma exercida por ele na vitória por 2×0 sobre o Salgueiro.

Apesar de três vitórias nos últimos três jogos pelo Estadual, o técnico tricolor também teve que falar em crise. Mostrou não se importar com comentários negativos, que ele considera de pessoas que torcem contra o clube ou não acreditam no trabalho. “Tem gente querendo desestabilizar o trabalho, aqui não tem crise. Se perdesse para o Central continuaria a mesma coisa. Pode perder uma, duas, mas o presidente sabe do projeto e que conduzimos dessa forma”.

BELO JARDIM – O Belo Jardim luta contra o rebaixamento. O Calango ocupa a décima posição, a última antes da degola, com 17 pontos, apenas um à frente do Araripina. Para completar, não vence há seis jogos. Os desfalques são o goleiro Delone – transeferiu-se para o Cabofriense, do Rio de Janeiro -, e o volante Eduardo Eré, suspenso.

Ficha do jogo:

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Éverton Sena, William Alves e Memo; Diogo, Anderson Pedra, Weslley, Luciano Henrique e Renatinho; Flávio Recife (Carlinhos Bala) e Dênis Marques. Técnico: Zé Teodoro.

Belo Jardim: Leo (Allyson); Parral, Alenilson, Laerson e Toty (Fernandinho); Fábio Recife, Daniel, Júnior Borracha e Fernandinho (Rodolfo Manaus); Philco e Douglas. Técnico: Leivinha.

Local: estádio Mendonção. Horário: 22h. Árbitro: Sandro Meira Ricci. Assistentes: Elan Vieira e Roberto José.

Fonte: Do NE10

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog