Santa Cruz vence de virada e está na final da Série D

 

96afd5278dfe3036f3697981084ace07.jpg

Marcação foi fundamental para o Santa chegar à final
Foto: Emerson Dourado/Futebol MT

 

Sem sustos, o Santa Cruz confirmou sua classificação à final da Série D com uma nova vitória, desta vez de virada, sobre o Cuiabá, no domingo (30), em Rondonópolis. O placar de 2×1 foi construído com a assinatura do atacante Fernando Gaúcho, autor de dois gols. Na decisão, o tricolor vai esperar o vencedor do confronto entre Tupi e Oeste de Itápolis. O Tupi, de Minas Gerais, classificou-se neste domingo com um empate por 2×2 diante do Anapolina, pois venceu o primeiro jogo.

O time pernambucano começou o jogo dando um tremendo susto nos donos da casa. Thiago Cunha fez boa jogada e rolou pra Dutra. O lateral-esquerdo trocou de pé e chutou forte com a direita. Gatti estava bem posicionado e espalmou. A bola ainda bateu na trave.

Mas foi só um espasmo inicial. Com um toque de bola paciente, o Cuiabá ganhou campo e passou a jogar mais no setor ofensivo até conseguir o gol, que não demorou. Aos quatro minutos, Fernando driblou Jeovânio e Memo antes de mandar com categoria no canto direito de Tiago Cardoso.

O tricolor tentou ir à frente e poderia ter empatado logo aos dez minutos. André Oliveira bateu uma falta após bola alçada na área pelo Cuiabá e encontrou Thiago Cunha apenas com um marcador. Ele livrou-se mas tentou fazer o gol na base da força. Chutou muito forte e a bola foi para longe.

A essa altura, o time da casa adotou uma postura semelhante a outras equipes que disputam a Série D, inclusive o Santa: recuou e chamou o adversário para seu campo. O tricolor atendeu ao chamado e foi em busca do empate até conseguir aos 20 minutos. Eduardo Arroz cruzou da direita e Thiago Cunha tirou de “casquinha” para Fernando Gaúcho, livre, completar para as redes.

Foi a senha para a moeda virar de vez para o lado pernambucano. Nem mesmo a saída de Dutra por contusão, atrapalhou o tricolor. Renatinho entrou em seu lugar e deu até mais velocidade ao setor esquerdo. O próprio Fernando Gaúcho teve boas chances de virar o jogo aos 32 e 34, respectivamente.

O time pernambucano sofreu sua segunda baixa por contusão no intervalo. O zagueiro Leandro Souza não voltaria para o segundo tempo. Foi substituído por Walter. Já o técnico do Cuiabá, Ary Marques, foi para o tudo ou nada. Tirou o lateral-direito Marquinhos para acionar o atacante Moreno.

Territorialmente a mudança de Marques surtiu efeito. O Santa recuou ao ponto de deixar apenas Fernando Gaúcho entre os zagueiros. Thiago Cunha exercia a função de puxar os contra-ataques. Porém, o time coral sabe se defender sem desespero e manteve-se firme.

Era o jogo do jeito que os corais gostam, embora torne-se feio para quem assista. A equipe se finge de morta e quando o adversário menos espera, arma um contra-ataque rápido. Foi assim em toda temporada e não seria diferente agora, na reta final. E seguindo esse roteiro, o gol da virada saiu aos 27. Em sua primeira descida pela esquerda na etapa, Renatinho cruzou voltando para Fernando Gaúcho completar para as redes.

Sem força ofensiva, o Cuiabá esbarrou no sistema defensivo bem montado do Santa Cruz, que só precisou manter a concentração até esperar o apito final.

Ficha do jogo

Cuiabá: Gatti; Marquinhos (Moreno), Reinaldo, Douglas Henrique e Natanael; Bogé, Jean, César Romeiro e Fernando; Edu Amparo (Renan) e Tozim (Douglas Freitas). Técnico: Ary Marques.

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Eduardo Arroz, André Oliveira, Leandro Souza (Walter) e Dutra (Renatinho); Jeovânio, Memo, Chicão e Weslley; Thiago Cunha (Flávio Recife) e Fernando Gaúcho. Técnico: Zé Teodoro.

Local: Luthero Lopes, em Rondonópolis (MT). Árbitro: Luiz Oliveira (Asp. Fifa/SP). Assistentes: Adnilson Pinheiro (MS) e Leandro Ruberdo (MS). Gols: Fernando, aos quatro; Fernando Gaúcho, aos 20 do primeiro tempo. Fernando Gaúcho, aos 27 do segundo. Cartões amarelos: Fernando, Jean, Reinaldo, Thiago Cunha e Dutra.

Com Do NE10

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog