Se perder, Corinthians pode cair para o quarto lugar

Liderar o Campeonato Brasileiro nunca foi tão difícil. O Corinthians enfrenta o Fluminense neste domingo, às 16h, no Rio, com o objetivo de se manter na ponta da classificação. Mas pode terminar a rodada em quarto lugar.

O time treinado por Tite está com 43 pontos, mas, se perder hoje, pode ser ultrapassado por São Paulo (41), Vasco (41) e até Botafogo (40).

É a menor diferença entre primeiro e quarto colocados desde que o campeonato adotou o atual formato, por pontos corridos, com 20 clubes.

Em três das cinco edições anteriores, quem ocupou a liderança na 22ª rodada sagrou-se campeão. Isso só não ocorreu com o Palmeiras, em 2009 (que nem para a Libertadores foi), e com o Grêmio, em 2008, superado no segundo turno pelo São Paulo.

Foi por isso que Tite não quis nem comemorar a vitória sobre o Flamengo, na noite de quinta-feira, por 2 a 1.

“Não dá nem para ter os louros da vitória, porque domingo [hoje] já tem outra decisão”, afirmou o treinador após o triunfo no Pacaembu.

O resultado, justo, sobre um concorrente direto ao título devolveu a autoestima ao time e restabeleceu a boa relação com as arquibancadas. “Ela cobra, mas também abraça”, declarou Tite.

Ao mesmo tempo em que corre riscos cada vez maiores de perder a liderança, o Corinthians se firma a cada rodada como dono da ponta.

Apesar dos altos e baixos, que resultaram até em invasão de treino por parte de alguns torcedores, o time nunca foi superado desde que virou o primeiro colocado, na já distante sétima rodada.

E, para se segurar na liderança, o Corinthians vai ter seu time quase completo nesta tarde no Engenhão. O único desfalque é o atacante Emerson, que levou o terceiro cartão amarelo contra o Flamengo e está suspenso.

Seu substituto será Willian, que passou os últimos 11 jogos em branco. Seus últimos gols foram exatamente na vitória contra o Fluminense (2 a 0), três meses atrás.
“Fazer gol é sempre especial, diferente”, disse o camisa 7. “Mas eu estou participando com passes, com marcação, na parte tática.”

Mais uma vez, Tite vai deixar Danilo no banco para jogar com Alex como o único armador. Na lateral direita, Welder entrará no lugar de Alessandro, poupado.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog