Secretário de Defesa dos EUA expressa apoio à transição egípcia

O secretário de Defesa americano, Leon Panetta, expressou nesta terça-feira o apoio de Washington aos esforços da junta militar do Egito para superar a fase de transição, durante reunião no Cairo com o chefe do grupo, Husein Tantaui.

Segundo a agência oficial de notícias Mena, os dois estudam a possibilidade de fortalecer a cooperação e os laços militares bilaterais entre os países.

Panetta chegou à capital egípcia após passagem por Israel e disse que os EUA apoiam o Conselho Supremo das Forças Armadas do país na superação dos “desafios e dificuldades da fase de transição” e os “passos tomados para a acelerar a operação democrática”.

Mohamed Abd El-Ghany/Associated Press
Líder da junta militar do Egito e secretário de Defesa dos EUA se encontram no Cairo
Líder da junta militar do Egito e secretário de Defesa dos EUA se encontram no Cairo

O americano elogiou ainda o fato de a junta militar ter convocado organizações da sociedade civil, locais e estrangeiras, para assistir de perto às próximas eleições no Egito, programadas para começar no dia 28 de novembro.

Ontem, Panetta se recusou a comentar sobre a possibilidade de obter no Cairo a libertação do cidadão americano-israelense Ilan Grapel, detido no Egito há três meses acusado de espionagem.

A visita de Panetta ocorre em um momento de discussões internas no Egito sobre a transição política do país para tratar, entre outros temas, as regras das eleições e a lei de emergência que vigora nacionalmente.

Um acordo foi alcançado no sábado, incluindo promessas de haver mais assentos parlamentares a partidos políticos e considerando o cancelamento da lei de emergência. A abolição de tribunais militares e a adoção de lei que impeça o ex-ditador Hosni Mubarak de participar da política por dez anos também são levadas em conta.

DA EFE

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog