Seleção brasileira de futebol de areia é furtada no Mundial

Tetracampeão nas areias, o Brasil vai iniciar a campanha em busca do penta do Mundial de futebol de areia, nesta sexta-feira, às 13h30 (horário de Brasília), contra a Ucrânia, após enfrentar um “imprevisto” na concentração da equipe na Itália.

Na noite desta quarta, enquanto o time fazia seu treino oficial no Stadio Del Mare, em Ravenna, foram furtados um computador, roupas, celulares, cartões de crédito, um passaporte, credenciais, celulares e dinheiro da delegação.

  Divulgação  
Jogadores do Brasil treinam para a estreia
Jogadores do Brasil treinam para a estreia em Ravenna

Segundo a equipe nacional, cadeados, lacres e até o cofre do quarto do presidente da CBBS (Confederação Brasileira de Beach Soccee), Marcos Fábio Spironelli, foram arrombados. A polícia terminou sendo acionada e o presidente do comitê local, Ferdinando Arcopinto, colocou-se à frente do caso para auxiliar a situação.

Além do Brasil, também estão no Hotel Doge, em Milano Marittima (distrito de Cervia), a 40 km da sede da competição, as demais delegações do Grupo D do Mundial: Ucrânia, Japão e México. Em um hotel vizinho, a delegação da Venezuela também teve itens furtados, além de quantia em dinheiro.

“Infelizmente, esse é um problema social, que acontece em todos os lugares do mundo. Estamos numa cidade calma e nunca poderíamos imaginar que isso fosse acontecer, ainda mais dessa maneira. Menos mal que não houve violência, foi apenas perda material, e estão todos bem”, disse Marcos Fábio Spironelli

“De toda forma, não deixa de ser um absurdo. O comitê local está nos ajudando e a polícia italiana já está cuidando do caso e tenho certeza de que tudo vai ser resolvido. Agora vamos nos concentrar na Ucrânia”, completou ele.

Fonte: Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog