Seleção para contadores de histórias em hospitais abre no Recife

Voluntários contam histórias para crianças e adolescentes com deficiência Foto: Site Viva e Deixe Viver

Voluntários contam histórias para crianças e adolescentes com deficiência
Foto: Site Viva e Deixe Viver

Mais uma vez estão abertas vagas para Contadores de Histórias em hospitais do Recife. A iniciativa já existe há 15 anos em todo o Brasil, e desde 2003 em Pernambuco, ajudando um total 31.912 crianças e adolescentes, vítimas de doenças como o câncer e deficientes físicos. O projeto é da Associação Viva e Deixe Viver, e aqui no estado tem a parceria do Instituto Viva História e da Assossiação de Assistência à Criança Deficiente (AACD).

Hoje a campanha possui 160 voluntários contadores de histórias, distribuídos em quatro instituições na cidade: AACD, Instituto de Fígado de Pernambuco (IFP), Hospital Infantil Maria Lucinda e o Hospital Oswaldo Cruz.

Os interessados devem acessar o site do Viva e Deixe Viver e se cadastrar. A inscrição é gratuita e não significa que o candidato seja selecionado para contar histórias. A seleção passa por um fase de treinamento e a função de contador de histórias não vale como atividade complementar ou como certificado profissional.

Fonte: Do JC Online

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog