Soninha é confirmada pré-candidata do PPS à Prefeitura

Escolhida neste sábado (22) como pré-candidata do PPS à Prefeitura de São Paulo, a ex-vereadora Soninha Francine espera se viabilizar como terceira via e “atrapalhar essa polarização toda” que contamina o pleito eleitoral da cidade.

Soninha é marinheira de segunda viagem na disputa municipal: em 2008, ela concorreu ao posto pelo mesmo partido. Terminou em quinto lugar, com 4,2% dos votos válidos, atrás de Gilberto Kassab (ex-DEM e atual PSD), Marta Suplicy (PT), Geraldo Alckmin (PSDB) e Paulo Maluf (PP).

Fred Chalub – 3.jul.10/Folhapress
Soninha deve concorrer pela segunda vez à Prefeitura
Soninha vai concorrer pela segunda vez à prefeitura

Para 2012, a estratégia do partido é apostar “numa chapa forte de vereadores”, diz a ex-VJ da MTV. Ela destaca o nome do empresário Ricardo Young, que trocou PV por PPS no mês passado.

Aliado a Marina Silva, que também desembarcou do PV, Young chegou a ser sondado pela nova legenda para disputar a prefeitura. No fim, o nome de Soninha prevaleceu.

Ex-petista e coordenadora da campanha virtual de José Serra nas eleições presidenciais de 2010, Soninha migrou para o PPS em 2007. Assim se define no perfil de seu Twitter: “Ex-Cultura Inglesa, MTV, TV Cultura, Rádio Globo/CBN, “Saia Justa”, Folha, AOL, PT, Câmara Municipal, SubLapa [subprefeita da Lapa], ESPN”.

Desde o ano passado, Soninha é presidente da Sutaco (Superintendência do Trabalho Artesanal nas Comunidades), na cota do colega de partido e secretário estadual de Emprego e Relações do Trabalho, Davi Zaia.

Ela diz que vai continuar no cargo “o máximo possível”, até que o calendário eleitoral imponha a descompatibilização do cargo.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog