Supremo arquivo pedido de impeachment de Gilmar Mendes

Por votação unânime, o plenário do STF (Supremo Tribunal Federal) arquivou pedido de impeachment do ministro Gilmar Mendes.

A ação foi protocolada pelo advogado Alberto de Oliveira Piovesan. Ele recorreu ao STF contra a decisão do Senado, que arquivou o pedido de impedimento do ministro do Supremo em junho.

Piovesan pedia o impeachment de Mendes porque ele teria recebido benesses de advogados, colocando em dúvida sua “isenção”. Mendes foi presidente do Supremo entre 2008 e 2010.

O mandado de segurança do advogado teve seguimento negado pelo relator do pedido no STF, ministro Ricardo Lewandowski, mas um recurso questionando a decisão o levou ao plenário.

No dia 17 de agosto, o ministro Marco Aurélio Mello pediu vista do processo. Ao trazer seu voto, ele acompanhou os demais ministros.

Ele lembrou que as provas trazidas pelo advogado na ação são baseadas em notícias divulgadas na imprensa.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog