União Europeia pressiona governos de Belarus e Ucrânia

A UE (União Europeia) vem criticando os governos de Belarus e Ucrânia por repressão à oposição nos países. Em protesto, embaixador de Belarus não participou do encontro de cúpula da UE com os países do Leste Europeu.

A cadeira do representante de Belarus ficou vazia durante o encontro de cúpula da UE e os países do Leste Europeu em Varsóvia, na Polônia.

O embaixador bielorrusso cancelou sua participação na última hora, alegando “discriminação” em relação a seu país. O presidente de Belarus, Alexander Lukashenko, criticado pelo seu regime autoritário, não havia recebido permissão para entrar na Polônia.

No documento final do encontro, a União Europeia exigiu na sexta-feira que o governo em Minsk liberte e reabilite todos os prisioneiros políticos, promova eleições livres e mantenha o diálogo político com a oposição.

DA DEUTSCHE WELLE, NA ALEMANHA

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog