Univasf mantém Enem

Decisão de manter a instituição no Sisu foi aprovada por unanimidade na tarde desta sexta-feira (30) pelo Conselho Universitário

As 1.330 vagas que a Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf) ofertará no próximo ano em 23 graduações serão preenchidas, novamente, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), organizado pelo Ministério da Educação (MEC). A decisão de manter a instituição no Sisu foi aprovada por unanimidade na tarde desta sexta-feira (30) pelo Conselho Universitário. Há dois anos a Univasf extinguiu o vestibular.

Para ingressar nos cursos, o estudante tem que, obrigatoriamente, participar do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), marcado para 22 e 23 de outubro, e depois se inscrever no Sisu. “Optamos pela manutenção de um processo que vem evoluindo. Os problemas do Enem foram resolvidos. O Sisu está consolidado e a tendência é a maior adesão das universidades. De 83 mil vagas na última seleção, o MEC estima que passarão para 120 mil no próximo ano”, observa o pró-reitor de ensino da Univasf, Jorge Cavalcanti.

O Conselho Universitário decidiu também permanecer com metade das vagas reservadas para candidatos que estudaram todo o ensino médio em escola pública (federal, estadual ou municipal). O que não está acertado ainda é se todas as vagas da Univasf serão ofertadas no Sisu que abrirá em janeiro de 2012 ou se apenas aquelas referentes ao primeiro semestre. As do segundo semestre seriam disponibilizadas no Sisu de junho.

“Como o MEC pretende realizar um novo Enem em abril de 2012, não sabemos ainda como será a distribuição das vagas. Vamos aguardar o posicionamento do ministério para definir como faremos na Univasf”, diz Jorge Cavalcanti. O MEC reúne todas as vagas de todas as universidades e institutos do Brasil que aderem ao Sisu e as disponibiliza no site.

A partir daí, o estudante escolhe qual curso pretende se inscrever. Ele tem a opção de concorrer em duas graduações. O preenchimento das vagas é feito com as notas do Enem. A Univasf dispõe de cinco câmpus em três Estados.

Em Pernambuco, há duas unidades em Petrolina, uma na zona urbana e outra na área rural. Na Bahia são também dois câmpus, em Juazeiro e em Senhor do Bonfim. No Piauí, existe unidade em São Raimundo Nonato. No último processo seletivo, realizado no início deste ano, os cursos de medicina, em Petrolina, e ciências sociais, em Juazeiro, foram os mais concorridos da Univasf, com 59 e 31,7 candidatos por vaga, respectivamente.

Com Do Jornal do Commercio

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog