Zico diz que futebol no Iraque é amador e cogita jogo com Brasil

Contratado para dirigir a seleção iraquiana nas eliminatórias para a Copa do Mundo-2014, o ex-jogador de futebol Zico afirmou que o futebol no país ainda é amador.

Ele já dirigiu a seleção iraquiana em duas partidas e conquistou uma vitória (2 a 0 sobre Cingapura) e uma derrota (2 a 0 para a Jordânia).

“Esperava que o futebol no Iraque fosse um pouco mais profissionalizado. O amadorismo é muito grande. Na última convocação, tinha 19 jogadores que jogavam no Iraque de forma amadora”, disse Zico durante evento realizado nesta terça-feira, no Museu do Futebol, em São Paulo.

Nelson Antoine – 13.set.11/Associated Press
Ronaldo e Zico em evento no Museu do Futebol, em São Paulo
Ronaldo e Zico em evento no Museu do Futebol, em São Paulo

Zico acertou com a seleção iraquiana no final do mês passado e menos de uma semana depois fez sua estreia. “Nesse período que fiquei no Iraque não deu tempo de fazer nada. Assisti aos últimos quatro jogos da seleção e os jogos de alguns dos adversários. No Iraque, o campeonato só começa em outubro”.

Em virtude do pouco tempo, Zico afirmou que ainda não conheceu Bagdá e não teme a violência. Nos primeiros dias no Iraque, o ex-jogador ficou em Arbil.

“Ainda não conheço, mas pretendo conhecer desta vez. Mas cada um fala uma coisa. Bagdá é o grande centro futebolista do país. Quero estar em Bagdá para ver se lá é aquilo mesmo. Violência tem em todo lugar”, declarou o treinador.

“[Arbil] É uma tranquilidade para se viver. Vou procurar um lugar em Portugal para poder ficar com a minha família quando não estiver no Iraque”.

Zico revelou também que a Federação Iraquiana de Futebol pretende jogar amistosamente contra a seleção brasileira.

“Se tiver que intermediar esse jogo, faço com o maior prazer desde que o país mostre que tem condições de realizar o jogo com segurança. O Brasil é catalisador na união dos povos”, completou.

Com a Folha.com

Sobre o editor

Willames Costa
Wíllames Costa
Editor

Instagram

Parceiros do blog