Willames Costa

Compromisso com a informação

Pernambuco Petrolina

Prefeitura de Petrolina realiza abertura da Exposição sobre Celestino Gomes no Museu no Sertão

A Prefeitura de Petrolina, através da Secretaria de Cultura, realizou na noite de ontem (14), a abertura da exposição que homenageia o petrolinense conhecido como o “Van Gogh do Sertão”, Celestino Gomes. A solenidade ocorreu no Museu do Sertão onde se encontra a mostra e reuniu familiares do escultor, políticos, convidados e o vice-prefeito Domingos Sávio Guimarães que fez a abertura da exposição, juntamente com a secretária de Cultura, Roberta Duarte.A exposição nomeada de “Celestino Gomes a serviço d’arte” está inserida na 10ª Semana de Museus, promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus, e é a segunda promovida pela Secretaria Municipal de Cultura em 2012. No mês passado, foi exibida uma mostra sobre Nilo Coelho.

Com o intuito de promover dinamismo no Museu do Sertão e oferecer ao público visitante um conhecimento maior sobre o artista petrolinense, a secretária de Cultura, Roberta Duarte, explicou a importância cultural da mostra. “A nova conceituação do Museu é ser um centro cultural e esse é nosso objetivo, de forma dinâmica trazer novidades, fazer com que as pessoas percebam novos olhares e não só contar a história do passado, mas contextualizá-la no presente e também no futuro com o fomento da arte visual. E Celestino Gomes faz parte dessa definição, porque nos representou muito bem dentro e fora de Petrolina com técnicas impressionistas, retratando sempre a nossa região”, ressaltou.

Para o irmão do homenageado, Franklin Delano Gomes, a exposição representa o reconhecimento do artista. “Toda homenagem que fizerem para Celestino é bem-vinda, porque é uma forma de reverenciá-lo justamente pelo trabalho que realizou. Eu o considero como gênio e me orgulho muito com essa exposição realizada pela prefeitura”, reconheceu.

“Celestino Gomes orgulha muito Petrolina, porque na realidade foi um embaixador da nossa região e levou nossa história através de seus trabalhos por onde passou. Então, cabe a nós lembrarmos do que ele fez e dos trabalhos que deixou que retratam muito bem o Rio São Francisco, a nossa Caatinga e nossa cultura, por isso, ele merece toda homenagem”, frisou o vice-prefeito Domingos Sávio Guimarães.

Sobre o homenageado:

Celestino Gomes nasceu em Petrolina no ano de 1931 e durante sua trajetória artística realizou trabalhos como pintor, escultor e escritor, sempre retratando em suas obras a vida do sertanejo, festas populares, mulheres, paisagens e monumentos.

Também conhecido internacionalmente, quando esteve na Europa, escreveu dois livros que narraram sua história, contando sobre a trajetória percorrida da roça ribeirinha até a Roma e seu retorno. Os livros ‘Da Roça a Roma’ e ‘De Roma a Roça’ narram o sonho de um artista matuto descobrindo a Europa nas décadas de 1960 e 1970.

Celestino Gomes morreu aos 73 anos deixando um vasto legado cultural. A Exposição sobre o “Van Gogh do Sertão” está aberta para visitação até o dia 11 de junho, das 9h às 17h, de terça a domingo no Museu do Sertão. No próximo mês, a partir de 15 de junho será aberta no mesmo local a exposição em homenagem ao centenário do Reio do Baião.

Texto: Élida Maria
Foto: Gilson Pereira

Fonte: Da Ascom/PMP

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *