Willames Costa

Compromisso com a informação

Brasil

Afif admite pré-candidatura em SP e diz esperar apoio do PSDB

Guilherme Afif Domingos (à esq.) e Gilberto Kassab (Lalo de Almeida - 30.jan.12/Folhapress)

Pela primeira vez desde que começaram as negociações pela sucessão na Prefeitura de São Paulo, o vice-governador Guilherme Afif Domingos declarou publicamente que é o candidato do PSD para as eleições na capital.

“Aceitei ser pré-candidato a prefeito de São Paulo pelo PSD. Para esse fim, acredito na reedição da aliança que me elegeu vice-governador”, escreveu Afif em seu Twitter.

A declaração do vice-governador amplia a pressão sobre o PSDB paulistano. Ontem, após reunião com a executiva municipal do PSD, o prefeito Gilberto Kassab declarou que Afif era seu candidato, mas o vice-governador não falou sobre o assunto.

A declaração causa constrangimento ao Palácio dos Bandeirantes, já que Afif afirma que só será candidato com o apoio do PSDB. Os tucanos, no entanto, preparam prévias para definir candidato próprio à prefeitura.

Sem o apoio do PSDB, o prefeito deixou claro que irá priorizar as negociações com o PT, partido ao qual Kassab ofereceu apoio em troca da indicação do vice na chapa encabeçada por Fernando Haddad.

ALCKMIN

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) tentou amenizar a repercussão das articulações do PSD na manhã de hoje, após evento no Palácio dos Bandeirantes.

O tucano disse que “é natural que o PSDB queira ter candidato próprio”, mas que em um “entendimento, todas as hipóteses são admitidas”.

O governador ainda elogiou Afif. “É um grande nome. Tem serviços prestados à cidade e ao país”, afirmou.

Com a Folha.com

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *