Willames Costa

Compromisso com a informação

Esporte

Após cobrar e enaltecer jogadores, Leão cutuca cera rival


SPFW 2012
Apesar do revés para o Corinthians neste domingo por 1 a 0, o técnico Emerson Leão enalteceu a vontade do time, especialmente após a expulsão de João Filipe, que acertou um pontapé em Jorge Henrique aos 14min do segundo tempo. Mas o treinador não poupou seus atletas de críticas por conta da fraca apresentação da primeira etapa.

“O pênalti, a expulsão, um mau comportamento formam um primeiro tempo errado. E quem iguala a partida no final do primeiro tempo, sai na frente no segundo. Mas não temos que sacrificar ninguém. Na hora que fizemos as três substituições ofensivas, eu perco um jogador e sabemos porque perdemos. E não temos nada a reclamar. E, mesmo assim, fizemos uma fumaça muito grande, a preocupação passou para o lado do Corinthians”, analisou.

Juca Varella/Folhapress
Leão deixa o gramado após a derrota do São Paulo para o Corinthians
Leão deixa o gramado após a derrota do São Paulo para o Corinthians

Leão aproveitou para justificar as suas alterações por atacado. Aos 14min do segundo tempo, tirou Willian José, Casemiro e Jadson para colocar Osvaldo, Maicon e Fernandinho. Mas o problema é que na sequência João Filipe foi expulso.

“Estávamos perdendo, e quem perde muda. Se mudo um jogador, não muda nada, se muda três poderíamos ter igualdade, Mas logo depois tivemos a expulsão. Aquele atleta que ia carregar a bola, Welligton, foi para a lateral e com cartão amarelo. Mesmo assim foi bem. Quando se joga melhor com 10 do que com 11, a vibração foi maior. Porque tinha que correr mais, o outro time ficou recuado. Dificilmente vemos o Corinthians fazendo cera e até o gandula estava fazendo”, alfinetou Leão.

O São Paulo volta a campo na próxima quinta-feira, quando recebe o Paulista, em casa.

Com a Folha.com

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *