Willames Costa

Compromisso com a informação

Esporte

Após fiasco, Palmeiras reformula só banco de reservas

SPFW 2012O Palmeiras irá iniciar o Brasileiro, no dia 19 de maio, contra a Portuguesa, com uma equipe não muito diferente daquela que foi eliminada há uma semana e meia do Paulista pelo Guarani.

Por outro lado, seu banco de reservas possivelmente estará cheio de novidades.

O descontentamento da diretoria com o desempenho do time no Estadual desencadeou um processo de reformulação no Palmeiras.

Robson Ventura – 3.abr.12/Folhapress
Scolari comanda treino do Palmeiras
Scolari comanda treino do Palmeiras

Essa reformulação, no entanto, deve se limitar aos reservas, tanto na saída quanto na chegada de jogadores.

Cinco integrantes do elenco que participou do Paulista já deixaram o clube.

Gerley foi emprestado ao Bahia, Chico acertou com o Coritiba, Tinga acabou cedido ao Ceará,Pedro Carmona se transferiu para o São Caetano e Fernandão não teve seu contrato renovado.

O próximo a sair será o atacante Ricardo Bueno, que volta ao Atlético-MG após o fim do empréstimo, na segunda.

Desses, apenas Ricardo Bueno e Tinga tiveram chances concretas como titular neste ano. Eles iniciaram a temporada no time, mas rapidamente perderam espaço.

“Estávamos entupidos de jogadores. Todos os clubes tem essa dinâmica de entrada e saída de jogadores”, afirmou o vice de futebol Roberto Frizzo, negando que o técnico Luiz Felipe Scolari tenha feito uma lista de dispensa.

Para repor as peças que deixaram o clube, o Palmeiras acertou contratações modestas –o lateral esquerdo Fernandinho e o meia-atacante Mazinho, que disputaram o Paulista pelo Oeste.

Os próximos reforços devem ter perfil parecido: atletas baratos, pouco conhecidos, oriundos de times menores e que chegam apenas para completar o elenco.

A ideia do Palmeiras é reciclar as apostas. Trocar tentativas que não deram certos por novos negócios de risco.

“Não é todo dia que podemos trazer o Wesley”, afirmou Frizzo, citando a contratação do meia, ex-Santos e Werder Bremen, que custou € 6 milhões (R$ 15,1 milhões).

A prioridade é encontrar um novo centroavante, já que o argentino Barcos ficou sem reserva com as saídas de Fernandão e Ricardo Bueno. Hernane, vice-artilheiro do Paulista com o Mogi Mirim, é um dos nomes cotados.

O clube busca ainda pelo menos um volante e um meia.

Eles devem assinar contratos curtos para serem inicialmente avaliados pela comissão técnica. Apenas se forem aprovados terão os direitos econômicos adquiridos.

Foi esse o expediente adotado com a dupla do Oeste, que fica no Palmeiras até dezembro. O lateral Artur, que pertence ao São Caetano, está na mesma situação.

Fonte: Da Folha.com

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *