Willames Costa

Compromisso com a informação

Pernambuco Petrolina

Após seminário no Espírito Santo, Petrolina aguarda resultado para ter Centro de Treinamento de Seleções da Copa do Mundo

De olho no crescimento e buscando atrair novos investimentos e, principalmente, a valorização profissional dos atletas, o município de Petrolina continua na busca por sediar uma das delegações do mundial de futebol que acontecerá em 2014. Durante o fim de semana, o secretário de Esportes de Petrolina, Ailton Guimarães, esteve na cidade de Vitória no Espírito Santo, onde participou do primeiro Seminário Geral de Centros de Treinamento de Seleções (CTS), realizado pelo Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo.

As cidades pernambucanas que buscam o mesmo objetivo, entre elas Caruaru, na zona agreste e Petrolina, no Sertão pernambucano, preparam-se planejando a construção de Arenas de Esportes. Em uma localização privilegiada, Petrolina dispõe de características atrativas para se tornar sede de CTS e recepcionar uma das seleções que participará da Copa. Desde o último ano, uma comissão composta pelo Legislativo e Executivo Municipal, Segurança Pública, instituições privadas e sociedade civil, vem analisando as possibilidades da construção da Arena.

“Visualizando toda nossa estrutura, o prefeito Julio Lossio ressaltou que temos um alto potencial turístico na cidade, o crescimento da rede hoteleira é visível, o clima sem chuvas no mês em que é realizado o campeonato, o aeroporto que facilita o deslocamento dos atletas, e a garantia da segurança através das presenças em Petrolina da unidade de elite do Exército Brasileiro, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil e Polícia Rodoviária Federal. Todos esses atrativos são considerados na hora de escolher Petrolina como CTS e continuamos na expectativa até a apresentação do resultado”, afirmou o secretário de Esportes, Ailton Guimarães.

Os primeiros 40 locais de treinamentos aptos a serem utilizados pelas seleções em suas fases de preparação para o Mundial serão apresentados até o mês de julho. A informação foi confirmada pelo gerente do COL, Frederico Nantes, durante o Seminário que aconteceu durante a última sexta-feira (30), com objetivo de esclarecer aos candidatos a CTS os detalhes técnicos que embasam a escolha.

Até o momento 279 conjuntos – entre hotel e campo – inscreveram-se para receber seleções, 244 dos quais já foram inspecionados pelo COL, incluindo Petrolina que recebeu a equipe no último mês de fevereiro. Além da primeira lista, outras duas etapas de inscrições serão abertas, uma até o fim de 2012 e outra no primeiro semestre de 2013. O objetivo do COL é indicar 80 a 90 centros de treinamento às seleções, 16 a mais do que é exigido pela Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA), que pede 64.

Após a formação do catálogo oficial de CTS, as 32 seleções que disputarão a Copa de 2014 vão escolher, por conta própria, onde querem treinar. Os relatórios de inspeção, cada um com 50 páginas, são baseados em vistorias técnicas e serão finalizados até a primeira quinzena de maio. Eles levam em consideração um conjunto de 130 itens que são avaliados, desde aspectos de arquitetura, engenharia e estrutura de salas como as de musculação e fisioterapia e piscina, até as condições dos gramados. As distâncias entre os campos, hotéis e aeroportos também pesam na decisão.

Participaram ainda do Seminário, o tetracampeão mundial e membro do COL, José Roberto Gama de Oliveira, mais conhecido como Bebeto; o Diretor executivo do COL, Ricador Prade; o Presidente da Federação de Futebol de Pernambuco, Evandro de Carvalho, a Secretária de Esportes de Pernambuco, Ana Cavalcante; o Secretário da COPA em Pernambuco, Silvio Bom Pastor; além do Governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, entre outras autoridades.

Texto: Juciana Cavalcante
Foto: Arquivo PMP

Fonte: Da Ascom/PMP

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *