Willames Costa

Compromisso com a informação

Mundo

Ataques suicidas matam pelo menos 19 no Afeganistão

Homens-bomba mataram pelo menos 19 pessoas em ataques separados noAfeganistão nesta terça-feira (10), incluindo 11 policiais afegãos.

Dois suicidas, incluindo um que estava vestindo uma burca dos pés a cabeça, detonaram um carro carregado com explosivos na rodovia do aeroporto na periferia da cidade de Herat, no oeste do país, matando oito civis e três policiais, afirmou o porta-voz do governador da província Mohiddin Noori.

Vinte e três pessoas ficaram feridas no ataque, que aconteceu em uma parte normalmente pacífica do país, perto da fronteira com o Irã.

Na instável região da província de Helmand, no sul, três homens-bomba atacaram o escritório do governador do distrito no bairro de Musa Qala, matando oito policiais. Dois dos suicidas foram mortos a tiros, mas um conseguiu detonar os explosivos.

Ferido em atentado é socorrido nesta terça-feira (10) na cidade afegã de Herat (Foto: Reuters)Ferido em atentado é socorrido nesta terça-feira (10) na cidade afegã de Herat (Foto: Reuters)

“O primeiro abriu fogo contra a polícia afegã. Em resposta, ele foi morto por nossas forças, enquanto o segundo se explodiu e o terceiro foi morto pela polícia”, disse o porta-voz do governador da província de Helmand, Dawood Ahmadi.

Um porta-voz da Otan disse na segunda-feira que insurgentes não haviam dado sinais até agora de planejar repetir a ofensiva unificada contra forças afegãs e estrangeiras como na primavera do ano passado, preferindo ataques isolados em pequenas bases e unidades.

O Talibã afegão assumiu a responsabilidade pelo ataque em Helmand, afirmando que estava mirando o governador do distrito e o chefe da polícia, assim como outras autoridades do governo.

Da Reuters

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *