Willames Costa

Compromisso com a informação

Brasil

Bandidos invadem loja de autopeças na Avenida Norte e fazem reféns

 

cf7426063068fc4a789320bf64e2615a.jpg

Durante o assalto, um dos funcionários chegou a ser agredido com uma coronhada por um dos acusados, mas passa bem
Foto: Mariana Dantas/NE10

Dois assaltantes armados invadiram, por volta das 8h desta quinta-feira (13), a loja Sol Autopeças, que revende peças de automóveis na Avenida Norte, bairro de Santo Amaro, e fizeram funcionários reféns.

O policial militar Carlos Alves, do 16º Batalhão, abastecia o carro em um posto de gasolina próximo ao estabelecimento no momento em que dois funcionários o interceptaram, pedindo ajuda. Ao chegarem ao trabalho, os funcionários teriam estranhado a movimentação no interior da loja e resolveram avisar ao policial.


Os bandidos estavam armados com dois revólveres calibre 38

O militar pediu reforço e mais PMs foram encaminhados ao local, conseguindo efetuar a prisão de Jonny Douglas Oliveira Cavalcanti, 22 anos e Getúlio Alves Areda, também de 22 anos. Jonny, que é filho de um cabo da CIPCães e responde a processo por formação de quadrilha e porte ilegal de armas, foi preso do lado de fora da loja e levado para a Delegacia de Plantão do Centro do Recife.

O outro acusado, Getúlio Alves, ao ser abordado pela polícia, correu para o interior da loja. De acordo com os policiais, ele chegou a efetuar um tiro, que felizmente não atingiu ninguém. Na fuga, Getúlio acabou caindo e cortando a testa. Ele foi encaminhado para UPA da Abdias de Carvalho. Após receber o atendimento, o acusado  também será levado para a delegacia.


Jonny foi preso em flagrante e levado para a delegacia


Durante a fuga, Getúlio acabou caindo e cortando a testa. Ele foi encaminhado para UPA da Abdias de Carvalho

Segundo a polícia, mais dois bandidos estariam em outra moto do lado de fora da loja, dando cobertura a ação criminosa. Esses teriam conseguido fugir.

Durante o assalto, um dos funcionários que estava dentro da loja chegou a ser agredido com uma coronhada por um dos acusados, mas passa bem. O proprietário da loja e três funcionários estiveram na delegacia para prestar queixa, mas não quiseram dar entrevistas. A polícia não soube informar quantos funcionários estavam dentro da loja no momento do assalto. [Veja o vídeo]

Com os bandidos, a polícia apreendeu dois revólveres calibre 38, um deles de cano longo, 11 munições e uma moto Honda dourada, na qual os assaltantes teriam chegado ao local. Recolheram ainda dois celulares, duas alianças e um relógio.

Com Do NE10

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *