Willames Costa

Compromisso com a informação

Destaque

BC está preparado para investigar fraude no FGTS, diz Tombini

Ao comentar a suposta fraude que pode dar prejuízo de R$ 100 milhões ao FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, afirmou nesta terça-feira (20), em audiência pública na CAE (Comissão de Assuntos Econômicos) do Senado, que o Banco Central está preparado para investigar o caso.

“O Banco Central está atento a qualquer irregularidade, mas não pode comentar nada”, afirmou Tombini. “Não comentamos trabalhos de supervisão eventualmente em curso”, completou.

Oposição quer explicações do presidente da Caixa sobre fraudes Suspeita de fraude na Caixa pode causar perda de R$ 1 bi Planalto tenta conter disputa de partidos aliados na Caixa

Reportagem publicada hoje na Folha mostra que as transações financeiras da corretora carioca Tetto, realizadas após uma suposta pane no setor de informática da Caixa Econômica Federal, podem lesar o FGTS.

Folha revelou no domingo (18) que a Tetto vendeu, como se não tivessem dívidas, papéis da dívida pública de baixo ou nenhum valor. O caso surge em meio a umadisputa entre PT e PMDB pelo controle da Caixa.

A Tetto só conseguiu fazer isso porque o sistema da Caixa que atestava a qualidade dos papéis, justamente sob uma vice-presidência do PMDB, ficou mais de dois anos inoperante.

Editoria de Arte/Folhapress

Com a Folha.com

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *