Willames Costa

Compromisso com a informação

Destaque Mundo

Bento 16 pede paz no Oriente Médio e fim da violência na Síria

O papa Bento 16 usou sua tradicional mensagem natalina neste domingo para pedir pelo fim do derramamento de sangue na Síria e pela paz no Oriente Médio, além de destacar o sofrimento da população africana e asiática por conta da fome.

“Que o Senhor socorra a humanidade, ferida por tantos conflitos que ainda hoje ensanguentam o planeta”, disse. “Que Deus possa trazer um fim à violência na Síria, onde muito sangue já foi derramado”.

“Que o Senhor, o Príncipe da Paz, doe paz e estabilidade à terra que escolheu para vir ao mundo, encorajando a retomada do diálogo entre israelenses e palestinos”, acrescentou.

O papa também pediu ao mundo que ajude as vítimas da crise de fome no Chifre da África, onde, segundo estimativas da ONU, aproximadamente 13 milhões de pessoas correm risco de morrer por causa da falta de comida.

“Que a comunidade internacional não prive de ajuda os muitos refugiados procedentes desta região, duramente postos à prova em sua dignidade”, afirmou, renovando seu apelo aos afetados pela crise, frequentemente esquecida.

Referindo-se aos países atingidos pela Primavera Árabe, Bento 16 solicitou que “Deus doe um renovado vigor na edificação do bem comum e de todos os componentes da sociedade nos países do norte da África”. Ele disse ainda para a comunidade internacional ajudar os refugiados e lamentou o sofrimento causado pelas inundações na Ásia, especialmente na Tailândia e nas Filipinas.

A mensagem proferida por Bento 16 foi transmitida ao vivo pelo mundo em 65 línguas diferentes. Na missa de Natal do sábado, o papa atacou a comercialização das festividades natalinas.

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *