Willames Costa

Compromisso com a informação

Economia

Bovespa sobe e chega a nível de julho de 2011; dólar cai

Com a terceira alta seguida, a Bolsa brasileira acompanhou o forte desempenho dos mercados acionários internacionais e o Ibovespa atingiu o maior nível em mais de cinco meses.

Dados preliminares mostram que, com mínima de 59.089 pontos e máxima de 60.111 pontos, o índice fechou os negócios com valorização de 1,22%, aos 59.805 pontos. Tal patamar não era visto desde 25 de julho (59.970). O giro financeiro atingiu R$ 6,144 bilhões.

No ano, a Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) já acumula alta de 5,4%.

Entre os ativos de maior peso, Vale PNA subiu hoje 0,02%, a R$ 39,51; Petrobras PN ganhou 1,19%, a R$ 22,90; OGX Petróleo ON avançou 1,74%, a R$ 13,98; Itaú Unibanco PN teve valorização de 1,30%, a R$ 35,60; e Bradesco PN se apreciou em 0,22%, a R$ 31,75.

No mercado americano, as bolsas também caminham para um fechamento positivo. Minutos atrás, o índice Dow Jones subia 0,57%, enquanto o Nasdaq tinha aumento de 1,04% e o S&P 500 avançava 0,92%.

DÓLAR

O dólar comercial teve um pregão de forte queda nesta terça-feira e volta a cotação não vista desde o começo de dezembro. A entrada de recursos externos e o melhor apetite por risco no mercado global explicam tal comportamento da moeda.

Dados preliminares apontam que o dólar comercial fechou com baixa de 1,85%, a R$ 1,801 na venda, menor preço desde 7 de dezembro. Na segunda-feira, a moeda cedeu 0,86%, a R$ 1,835.

Na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar para fevereiro mostrava queda de 1,84%, a R$ 1,810.

O Dollar Index, que mede o desempenho da divisa americana ante uma cesta de moedas, recuava 0,13%, a 80,87 pontos. Enquanto o euro avançava 0,11%, a US$ 1,278.

DO VALOR, EM SÃO PAULO

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *