Willames Costa

Compromisso com a informação

Brasil

Brasil: um constante moderador do temperamento explosivo de Chávez

Brasília, 7 mar (EFE).- Desde que Hugo Chávez chegou ao poder na Venezuela, o Brasil exerceu um papel de “moderador” de sua explosiva personalidade e também soube atenuar diversos conflitos, principalmente pela “mão diplomática” do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, um de seus melhores conselheiros e amigos.

Chávez, que sempre admitiu a influência que Lula tinha gerado “em sua vida”, costumava a situá-lo entre os grandes líderes latino-americanos e, em uma conversa com à Agência Efe em Manaus há nove anos, confessou que pouco sabia sobre o político brasileiro até o mesmo ser mencionado por Fidel Castro.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (d) ao lado de Hugo Chávez em visita a Caracas em 2011. EFE
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (d) ao lado de Hugo Chávez em visita a Caracas em 2011. EFE

Da EFE

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *