Willames Costa

Compromisso com a informação

Brasil

Bueiro explode no Rio e deixa um morto e dois feridos

Um bueiro explodiu na manhã desta segunda-feira na área do antigo armazém 30, no cais do porto, zona norte do Rio, e deixou um homem morto e duas pessoas feridas.

Rio tem 235 bueiros com alto risco de explosão
CEG é multada em R$ 2,5 mi por explosão de bueiro

A suspeita é de que as pessoas envolvidas faziam reparos em uma cisterna de águas pluviais no armazém.

Em nota, a CEG (Companhia Distribuidora de Gás do Rio) afirma que o acidente não está relacionado à rede de gás natural. Técnicos da companhia chegaram a ir até o local, mas foram liberados pelo Corpo de Bombeiros “tendo em vista que o acidente é de outra natureza.”

Os feridos foram encaminhados para o hospital Souza Aguiar, no Centro, e não correm risco de morte. O soldador Paulo Batista Pereira, 52, teve fratura exposta no braço direito e queimadura superficial no rosto, e o mecânico Carlos Ribeiro, 53, teve o braço imobilizado e fez exames. Já o mecânico Rafael Martins de Sousa, 29, morreu em consequência da explosão.

Soldados do Corpo de Bombeiros e técnicos da Light estão no local da explosão. Ainda estão sendo esperados policiais civis e técnicos do Inea (Instituto Estadual do Ambiente).

De acordo com a companhia Docas, que administra o porto do Rio de Janeiro, o armazém foi arrendado à empresa Triunfo Logística. A Docas afirma que o morto era funcionário da própria Triunfo e que “ainda são desconhecidas as causas da explosão.”

Segundo Jorge Melo, presidente da Docas, havia um forte cheiro de óleo no local, e também haveria óleo na galeria. “Provavelmente, alguma faísca deve ter caído em cima do óleo durante os reparos, o que causou a explosão”.

Com a Folha.com

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *