Willames Costa

Compromisso com a informação

Economia

Cai fatia de cheques devolvidos por falta de fundos em janeiro, diz Serasa

Percentual foi de 1,93%; em dezembro, havia sido de 1,99%.
Houve alta, contudo, sobre janeiro de 2010, quando o patamar foi de 1,70%.

Período Percentual de cheques devolvidos Total de cheques devolvidos Total de cheques compensados
Jan/12 1,93% 1.530.103 79.226.251
Dez/11 1,99% 1.667.420 83.717.734
Jan/11 1,70% 1.446.285 84.920.120
Fonte: Serasa

O percentual de cheques devolvidos por falta de fundos foi de 1,93% no primeiro mês deste ano, aponta nesta quarta-feira (8) a Serasa Experian, um recuo sobre o índice de 1,99% registrado em dezembro. Houve alta, contudo, em relação a janeiro de 2010, quando o patamar foi de 1,70%.

Além do percentual, o número de cheques devolvidos também caiu em janeiro, para 1,5 milhão, sobre 1,6 milhão em dezembro. Contudo, o total de cheques compensados no mês também foi menor (79,2 milhões em janeiro e 83,7 milhões em dezembro).

“A redução dos juros e da inflação e o uso de parte do 13º salário para o pagamento das dívidas levaram à queda do número de cheques sem fundos ante os compensados em janeiro”, avaliam os economistas da Serasa, em nota.

“Deve-se ressaltar também que o menor consumo no primeiro mês do ano, em razão das compras parceladas de Natal, os pagamentos agendados de impostos, como IPTU e IPVA, e despesas escolares determinaram um volume menor de cheques sem fundos”, observam.

Roraima foi o estado com o maior percentual de cheques devolvidos, de 14,61%. São Paulo, por sua vez, foi o estado de menor percentual, de 1,45%. Entre as regiões, a Norte registrou maior percentual de devolução, com 4,11%. Na outra ponta do ranking está a Sudeste, com 1,57%.

Com Do G1, em São Paulo

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *