Willames Costa

Compromisso com a informação

Destaque Mundo

Caixão de Hugo Chávez é levado à Academia Militar em Caracas

Caracas, 6 mar (EFE).- O caixão com o corpo do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, é transportado nesta quarta-feira do Hospital Militar de Caracas até a sede da Academia Militar, onde na sexta-feira acontecerão as honras fúnebres do chefe de Estado, que faleceu ontem.

Envolvido na bandeira da Venezuela, o caixão foi levado do hospital por membros da Guarda de Honra e posteriormente colocado em um carro fúnebre acompanhado por militares, seguidores e familiares, entre eles a mãe do presidente, Elena de Chávez, após uma breve cerimônia religiosa que começou com a execução do hino nacional.

  • Milhares de pessoas acompanham nesta quarta-feira o transporte do caixão com o corpo do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, do Hospital Militar de Caracas até a sede da Academia Militar. EFE
  • Milhares de pessoas acompanham nesta quarta-feira o transporte do caixão com o corpo do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, do Hospital Militar de Caracas até a sede da Academia Militar. EFE
Milhares de pessoas acompanham nesta quarta-feira o transporte do caixão com o corpo do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, do Hospital Militar de Caracas até a sede da Academia Militar. EFE
Milhares de pessoas acompanham nesta quarta-feira o transporte do caixão com o corpo do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, do Hospital Militar de Caracas até a sede da Academia Militar. EFE
O cortejo partiu entre acordes de “Pátria, pátria, pátria querida, sua é minha alma, seu é meu amor…”, que o chefe de Estado entoou em seu pronunciamento do dia 8 de dezembro, o último antes de partir a Cuba para se submeter, três dias depois, a uma operação após a reincidência do câncer, e da canção “En Venezuela”.
Milhares de pessoas se amontoam ao lado do veículo que transporta o caixão, coroado com flores amarelas e brancas e protegido por integrantes da Guarda Honra Presidencial, e que fará um percurso de 6,3 quilômetros antes de chegar à Academia Militar, no oeste da capital.
O governo venezuelano decretou “sete dias de luto nacional” e a suspensão das atividades escolares até a próxima sexta-feira por causa da morte de Chávez e anunciou para a próxima sexta-feira o funeral de Estado.

Da EFE

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *