Willames Costa

Compromisso com a informação

Destaque

Calmon recebeu R$ 421 mil de auxílio-moradia

A ministra Eliana Calmon, corregedora do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), recebeu R$ 421 mil de pagamentos de auxílio-moradia atrasados, informa reportagem de Fernando Rodrigues, publicada na Folha .

O valor foi repassado para Eliana em três parcelas. Duas foram pagas em 2008, somando R$ 226 mil, e a terceira e última em setembro deste ano, no valor de R$ 195 mil.

Juízes defendem corregedora e expõem racha da categoria
Corregedora do CNJ reclama de corporativismo de associações

A juíza é membro do STJ (Superior Tribunal de Justiça), e estava entre os magistrados dessa corte que receberam o benefício. Ontem, a Folha revelou que 9 dos 33 ministros do STJ receberam neste ano R$ 2 milhões em auxílios-moradia atrasados.

Com a Folha.com

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *