Willames Costa

Compromisso com a informação

Esporte Goiás

Claudinei exalta atuação do Goiás: 'Poderia ter sido 5 a 1, 6 a 1, 6 a 2…'

Principalmente pelo desempenho no primeiro tempo, Claudinei Oliveira acredita que o Goiás poderia ter batido o Vila Nova por um placar até mais contundente do que foi o 3 a 1 que sacramentou mais uma vitória esmeraldina no clássico com seu arquirrival. O Alviverde saiu atrás, mas dominou completamente as ações do jogo no Serra Dourada e atropelou o Tigre para continuar invicto no Campeonato Goiano e líder isolado do Grupo A com 22 pontos conquistados.

– Pelo que foi o jogo, o placar poderia ter sido mais elástico. Acho que vencemos a partida com autoridade, com merecimento e, sem desmerecer o Vila, mais uma vez o goleiro deles se destacou com boas defesas. Criamos as melhores chances. Vencemos por 3 a 1, mas poderia ter sido 5 a 1, 6 a 1, 6 a 2, enfim… Vencemos o clássico, mas vamos manter os pés no chão. Mantenho o discurso de que clássico é legal para o torcedor, mas só vale três pontos. Não é porque ganhamos que somos os melhores do mundo. Se perdêssemos, não seríamos os piores – avaliou o técnico.

A superioridade do Goiás foi tão grande no primeiro tempo que, após tantas chances criadas e não convertidas, certa apreensão chegou a tomar conta do time. No entanto, Claudinei afirma que só orientou o time a ter calma para finalizar com precisão e, naturalmente, a bola começou a entrar, fazendo o Alviverde virar ainda na etapa inicial.

– A única coisa que falei para os jogadores foi para manterem a tranquilidade. Se o gol não está saindo, não é de qualquer jeito que vai sair. Os atletas não estavam conformados com o placar, queriam virar e viramos. Mostramos uma grande evolução – explica o comandante.

Foi a sétima vitória de Claudinei em oito jogos à frente do Goiás. Com o triunfo, o clube contabiliza 22 pontos e segue sobrando no Goianão. Líder do Grupo A, volta a campo na quarta e recebe o Goianésia na Serrinha, às 20h30m. Pedro Henrique levou o terceiro amarelo e está suspenso.

Claudinei Oliveira: técnico diz que pediu calma nas finalizações, e a bola passou a entrar (Foto: Reprodução/PremiereFC)
Claudinei Oliveira: técnico diz que pediu calma nas finalizações, e a bola passou a entrar (Foto: Reprodução/PremiereFC)

Por 

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *