Willames Costa

Compromisso com a informação

Especiais

Clinton critica resistência russa contra ação da ONU na Síria

Manuel Balce Ceneta/AP

A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, criticou a resistência da Rússia a aceitar ações da ONU para pressionar a Síria e advertiu que isto pode contribuir para uma guerra civil no país.

“Os russos me dizem que não querem uma guerra civil. Eu disse que a política deles contribuirá para uma guerra civil”, declarou Clinton em Copenhague.

Mais cedo, Dmitri Peskov, porta-voz do presidente russo Vladimir Putin, afirmou que a posição do país é equilibrada e não mudará, apesar das pressões de diversos países.

“A posição da Rússia é bem conhecida. É equilibrada e constante”, disse Peskov.

“Por isto, não acreditamos que seja apropriado falar de uma mudança de posição ante a pressão”.

DA FRANCE PRESSE, EM COPENHAGUE

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *