Willames Costa

Compromisso com a informação

Turismo

Com conferência da ONU, ocupação hoteleira do Rio já chega a 94%

A Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), marcada para junho, já causa reflexo na rede hoteleira carioca. Pesquisa divulgada na segunda-feira pelo Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes do Rio de Janeiro (SindRio) mostra que a ocupação dos hotéis já está em 94% por causa do evento.

Com a proximidade do evento, a expectativa do superintendente do sindicato, Darcílio Junqueira, é atingir 100% de ocupação. “Hoje, ainda não está, porque há os bloqueios. Mas, Barra da Tijuca e Copacabana já estão lá [100% de ocupação]”, disse à Agência Brasil. Os bloqueios, ou reservas, vêm sendo feitos antecipadamente pela organização da conferência.

De acordo com a pesquisa, os bairros de Ipanema e Leblon, na zona sul da cidade, já estão com 98% dos quartos reservados. Botafogo, Flamengo e o centro do Rio, em razão da distância do local do da conferência, no Riocentro, na zona oeste, têm ocupação de 80%.

Darcílio Junqueira avaliou que a conferência da Organização das Nações Unidas trará à capital fluminense outro tipo de visitante. “É uma oportunidade muito boa, porque é um público diferenciado. Vêm chefes de Estado, vêm repórteres e empresários. É mais um momento de vender o Rio de Janeiro para o exterior”, disse.

O superintendente está confiante que a Rio+20 alavancará o turismo fluminense e, também outros segmentos, como a gastronomia e a área de serviços da cidade. “Esse público vai conhecer as atrações turísticas e isso ajuda a levar o Rio para fora”.

Pedro Carrilho/Folhapress
Lapa, Santa Teresa e Pão de Açúcar vistos da janela de um escritório no Centro do Rio
Lapa, Santa Teresa e Pão de Açúcar vistos da janela de um escritório no centro do Rio

DA AGÊNCIA BRASIL

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *