Willames Costa

Compromisso com a informação

Brasil

Congresso bancou ida ao exterior de casal do PMDB

O Congresso Nacional bancou três viagens que o casal Valdir Raupp (PMDB-RO) e Marinha Raupp (PMDB-RO) fez junto para o exterior nos últimos sete anos.

O senador e a deputada federal foram para Coreia do Sul, China e África do Sul em missões oficiais.

Os custos aos cofres públicos são de pelo menos R$ 37,2 mil, contando diárias e passagens.

Sérgio Lima – 4.jan.2010/Folhapress
Presidente do PMDB e senador Valdir Raupp (RO)
Presidente do PMDB e senador Valdir Raupp (RO)

Segundo publicou ontem o jornal “O Estado de S. Paulo”, o casal também viajou junto para o Japão, em 2008, e Alemanha, no ano passado.

As despesas para esses dois últimos destinos foram pagas pelos cofres públicos para o senador Raupp, que também é presidente nacional do PMDB.

Entre as justificativas para as viagens estão o incremento do intercâmbio econômico entre os países, visitas a ministérios e parlamentos, participação em palestras, entre outros compromissos.

A assessoria de imprensa de Marinha Raupp confirma que ela foi para a Alemanha na mesma época, mas garante que tudo foi pago pela própria deputada.

Por meio de sua assessoria de imprensa, Valdir Raupp informou que as viagens citadas tinham previsão legal e foram feitas por interesse do mandato.

As viagens de deputados e senadores em missões internacionais são comuns no Congresso.

Além de passagem, a Câmara paga aos deputados U$ 350 (R$ 623) de diárias para esses países.

Já o valor pago no Senado para as viagens é de U$ 416 por dia (R$ 740).

Na volta, basta ao parlamentar apresentar um relatório sobre as atividades de que participou nos países visitados.

Em alguns desses casos, o congressista se limita a divulgar a agenda dos eventos que motivaram a viagem.

Com a Folha.com

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *