Willames Costa

Compromisso com a informação

Mundo

Conselho Nacional Sírio rejeita convite russo para negociar com Assad

O Conselho Nacional Sírio (CNS) descartou nesta segunda-feira o convite feito pela Rússia para que o governo de Bashar al Assad e a oposição do país negociem um acordo em Moscou, afirmou o dirigente opositor Ahmed Ramadã.

O rebelde disse que ainda não tinha recebido o pedido e rejeitou a proposta para dialogar com o regime do presidente sírio.

“Só aceitamos negociar sobre um governo provisório sem a presença de Assad e de qualquer outra pessoa manchada de sangue”, afirmou o dirigente do CNS, um dos principais órgãos opositores do país.

A proposta russa é “uma tentativa de manipulação do projeto que está se preparando no Conselho de Segurança da ONU”, acrescentou.

Ramadã se pronunciou após a agência russa “Interfax” divulgar que o Conselho Nacional Sírio recebeu o convite e estava estudando a proposta, apesar de condenar o apoio de Moscou ao regime de Bashar al Assad.

“O regime precisa deixar o poder e a Síria precisa começar um novo período sem assassinos”, afirmou Ramadã. Segundo a ONU, até o momento já morreram mais de cinco mil pessoas desde que começaram os conflitos no país, em março do ano passado.

RÚSSIA

Nesta segunda-feira, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia afirmou em comunicado que o regime sírio está disposto a iniciar em Moscou um diálogo informal com a oposição, o que pode enfraquecer os esforços por uma resolução na ONU.

A Rússia, que tem poder de veto no Conselho de Segurança, disse na semana passada a resolução proposta pela Liga Árabe era inaceitável e que o órgão deveria ouvir diretamente a missão de observadores enviada à Síria antes de discutir o assunto.

“Propusemos às autoridades sírias e à oposição enviar seus representantes a Moscou para contatos informais. Já recebemos uma resposta positiva por parte das autoridades sírias”, informou o ministério.

Nikolay Doychinov – 23.jan.12/France Presse
Sírios imigrantes em Sofia realizam manifestação contra regime em frente a embaixada iraniana
Sírios imigrantes em Sofia realizam manifestação contra regime em frente a embaixada iraniana

DA EFE, NO CAIRO

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *