Willames Costa

Compromisso com a informação

Brasil

Demóstenes ainda avalia se irá a reunião com cúpula do DEM

A reunião entre o senador Demóstenes Torres (DEM-GO) e a cúpula do DEM, prevista para o final da tarde desta segunda-feira, em Brasília, poderá não acontecer. Dirigentes do partido marcaram o encontro para ouvir as explicações do senador a respeito do envolvimento dele com Carlos Augusto da Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, preso em fevereiro pela Polícia Federal.

Cachoeira é acusado de comandar um esquema de jogo ilegal em Goiás, e investigações da PF indicam que Demóstenes pode ter usado o mandato para defender interesses do bicheiro. Membros do partido querem a expulsão do senador da legenda.

O presidente nacional do DEM, senador Agripino Maia (RN), disse que espera uma definição a respeito do encontro depois de concluída uma reunião entre Demóstenes e o presidente do DEM de Goiás, deputado federal Ronaldo Caiado.

O advogado de Demóstenes, Antonio Carlos de Almeida Castro, afirmou que o senador não deverá comparecer.  “Não vai. O senador disse que falaria só quando tivesse acesso a todo o processo, o que ainda não aconteceu”, declarou.

Agripino Maia disse que só saberá se o encontro vai acontecer após receber a informação de Caiado. “O Ronaldo Caiado está conversando. Não vou discutir o que o advogado disse. Quem faz a interlocução é o Caiado”, declarou.

Segundo Agripino, a reunião “está prevista, pela nossa determinação e vontade. Nós queremos que seja hoje”, declarou.

Fonte: Do G1, em Brasília

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *