Willames Costa

Compromisso com a informação

Esporte

Entre líderes, Corinthians é o que mais sofre com degolados

Se depender da campanha contra os ameaçados pela degola no Campeonato Brasileiro, o Corinthians terá sérias dificuldades de conquistar seu quinto título na competição.

Goleiro volta a dizer que não falhou e que tem apoio de Tite
Leia mais notícias sobre o Corinthians

Silva Junior-6.nov.2011/Folhapress
Liedson, com a mão na cintura, lamenta gol do América-MG, lanterna e algoz do Corinthians no domingo
Liedson, com a mão na cintura, lamenta gol do América-MG, lanterna e algoz do Corinthians no domingo

Dos cinco principais postulantes ao título, o time alvinegro paulista foi o que teve o menor aproveitamento nas partidas contra os cinco atuais piores colocados do Nacional (América-MG, Avaí, Atlético-PR, Cruzeiro e Ceará).

Até o momento, o Corinthians fez oito jogos contra o quinteto de baixo da tabela e conquistou apenas 11 pontos, 45,8% de aproveitamento.

Na 32ª rodada, o time de Tite iniciou contra o Avaí sua série de confrontos contra os degolados do Nacional. Contra os avaianos, vitória suada por 2 a 1 e na partida seguinte revés para o lanterna América-MG, pelo mesmo placar.

Nas próximas duas rodadas, o time alvinegro enfrenta Altético-PR, atual 18º, e Ceará, primeiro fora da zona de rebaixamento.

CARIOCAS

Time de melhor desempenho no segundo turno e atual terceiro colocado do Brasileiro, o Fluminense foi o ponteiro que mais fez valer seu favoritismo na competição. Em nove partidas, o tricolor carioca conquistou 22 pontos (81,4%).

O Vasco, atual vice-líder, também raramente fraquejou ante os cinco últimos colocados do certame Nacional. São 70,3% de aproveitamento nas nove partidas que já realizou contra os mais ameaçados de cair para a série-B.

O Flamengo, que aparece na quinta colocação, foi o único dos cinco ponteiros que já concluiu seus jogos contra o quinteto de baixo da tabela. O time de Vanderlei Luxemburgo conquistou 20 pontos nessas partidas.

Os 66,6% de aproveitamento do time rubro-negro é o mesmo percentual conquistado pelo Botafogo, mas os comandados de Caio Júnior ainda têm duas partidas por fazer contra os ameaçados pela degola.

Com a Folha.com

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *