Willames Costa

Compromisso com a informação

Esporte

Equipes poderosas da Indy já veem reinado ameaçado

VelocidadeChip Ganassi e Penske têm dominado a Indy nas últimas temporadas. A primeira venceu os últimos quatro campeonatos, sendo três de Dario Franchitti e um de Scott Dixon. A segunda foi campeã em 2006, com Sam Hornish Jr, e terminou como vice em 2008, 2010 e 2011.

Dessa vez, porém, as duas equipes mais poderosas da categoria já veem uma temporada apertada. A corrida de abertura acontece neste domingo, em St. Petersburg (EUA).

“Eu acho que há pelo menos uns 15 carros com capacidade de vencer corridas e oito ou dez que podem levar o título”, disse Dario Franchitti, detentor de quatro títulos e atual tricampeão.

Jonathan Ferrey – 8.mar.2012/Getty Images/France Presse
Scott Dixon (esq.) e Dario Franchitti, pilotos da Chip Ganassi, campeã das últimas quatro temporadas
Scott Dixon (esq.) e Dario Franchitti, pilotos da Chip Ganassi, campeã das últimas quatro temporadas

A nova cara da Indy pode colocar fim ao reinado de Ganassi e Penske, que venceram 75% das corridas a contar desde 2006. A categoria conta agora com novos pilotos, motores e carros.

Rubens Barrichello puxa a fila dos novatos, apesar dos seus 39 anos. Ele vai correr ao lado do amigo e sócio Tony Kanaan, pela KV. De acordo com o jornal “USA Today”, obrasileiro pode sacudir a Indy.

O diário aponta o piloto como um dos destaques para 2012. Nas pistas, os pilotos terão o novo modelo Dallara e motores turbo de três fabricantes (Honda, Chevrolet e Lotus), garantindo assim 100 cavalos a mais de potência.

O carro também sofreu mudanças na aerodinâmica e nos itens de segurança. Todos esses pontos deixam Franchitti ainda em dúvida sobre a performance das equipes nesta nova temporada.

“Agora, é aprender e coletar dados. Há muitas coisas que estamos tentando aprender e mudar. Com o carro velho, nós sabíamos muito bem o que fazer e era apenas uma questão de adequar o carro para cada pista”, disse o piloto da Ganassi.

Companheiro do brasileiro Helio Castroneves na Penske, Will Power concorda com Franchitti e vê um campeonato bem disputado até o fim.

“Eu acho que este ano, com as fabricantes de motores e novo carro, certamente tudo vai ser diferente. Vai ser muito interessante e desconhecido até a primeira corrida”, disse Power.

Fonte: Da Folha.vom

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *