Willames Costa

Compromisso com a informação

Esporte

Ex-jogadores de futebol americano processam liga por lesões

Pelo menos 21 ex-jogadores da NFL, a liga dos EUA de futebol americano, processaram a organização que rege o esporte devido aos efeitos das concussões cerebrais (lesões decorrentes de choques violentos) que dizem ter sofrido enquanto estavam em atividade por algum time profissional.

Robert Sorbo/Reuters
Lance do jogo entre Seattle Seahawks e San Francisco 49ers nesta véspera de natal, pela liga
Lance do jogo entre Seattle Seahawks e San Francisco 49ers nesta véspera de Natal, pelo campeonato

O processo é semelhante a outro interposto esta semana em Atlanta, e é o mais recente de vários realizados por ex-atletas contra a liga nos últimos meses.

A queixa foi apresentada em Miami em nome de dois ex-jogadores do Miami Dolphins –Patrick Surtain e Oronde Gadsen– e outros 19 ex-profissionais da NFL.

No processo, os ex-jogadores acusam a liga de omitir ou ocultar propositalmente a evidência que vincula as concussões cerebrais com problemas neurológicos a longo prazo.

A NFL, por sua vez, nega que as acusações sejam corretas, e garante que a saúde dos jogadores de suas equipes é uma de suas prioridades.

DA EFE

LEAVE A RESPONSE

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *